4 de abril de 2012

Senador vê tentativa de criação de “império homossexual” no Brasil

O senador Magno Malta alertou para a possibilidade de criação de “um império homossexual no Brasil”. De acordo com ele, o país não é homofóbico e os militantes gays estariam promovendo perseguição contra aqueles que não concordam com eles. Ao criticar projeto que criminaliza a homofobia (PLC 122/2006), em tramitação no Senado, Malta reclamou que manifestações contrárias à homossexualidade serão punidas com mais rigor que as manifestações contrárias a qualquer outro grupo caso a proposta vire lei. "Se você não aluga seu imóvel para um homossexual, ou não aceita o ato afetivo de um casal gay, pega sete anos de cadeia. Se demite ou não admite um homossexual na sua empresa, cinco anos de cadeia. Eu posso não alugar minha casa para um negro, eu posso demitir um portador de deficiência, eu posso não admitir gestos afetivos de um casal heterossexual na porta da minha casa e pedir que eles se beijem em outro lugar, longe dos meus filhos. Mas, se eu fizer isso com um casal homossexual, um simples boletim de ocorrência me levará para a cadeia". 


Leia matéria completa em: CENA G


http://feeds.feedburner.com/blogspot/JAIe
Reações:
Categories:

Um comentário:

  1. E na minha opinião ele está certíssimo. Chega dessa palhaçada de dividir o ser humano em classes. Leis, justiça, oportunidades devem ser iguais para todos. E ele foi bastante feliz na sua colocação, pois é examente isso que acontecerá. Parabéns pelo blog, excelente.

    ResponderExcluir