9 de julho de 2012

Bruno e Macarrão teriam relação amorosa, afirma advogado do jogador

O advogado do goleiro Bruno de Souza, de 27 anos, Rui Pimenta, afirma que a carta que teria sido escrita pelo ex-atleta do Flamengo para Luiz Henrique Romão, o Macarrão, refere-se à relação homossexual entre os dois, e não a um pedido dele ao amigo para assumir a autoria do assassinato de Eliza Samudio, modelo com quem Bruno teve um filho e desapareceu em 2010. O documento foi publicado sábado pela revista Veja. O desenrolar das investigações seria o motivo que leva Bruno a fazer o pedido, que ele chama de ‘plano B’. “E você mesmo disse para mim que si (sic) precisasse você ficaria aqui e que era pra mim (sic) nunca te abandonar, então irmão chegou a hora”, diz um trecho da carta. “Ela parece mais uma carta de amor, uma referência a uma relação homossexual entre eles. Ele fala ‘perdoe’, fala de amor, filhos, família. O plano B seria uma referência à separação dos dois. O Bruno já está pronunciado e não pode sair da cadeia, a não ser que seja inocentado no júri, portanto esse plano B não existe. Isso é uma interpretação equivocada da revista”, alegou Pimenta, que vai se encontrar hoje com Bruno no presídio Nelson Hungria (MG). É lá que também está Macarrão. “Vou perguntar se ele escreveu essa carta, que nem data tem”, disse Pimenta. Bruno e Macarrão dividiram a mesma cela ano passado. Hoje, Bruno está sozinho.


Leia matéria completa em: JORNAL O DIA
Reações:
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário