26 de maio de 2011

Para estudiosos, vídeos do 'kit gay' mostram menos que novelas

Não há cena beijo nem de sexo. E os relacionamentos são sempre baseados na amizade e no carinho, nada muito "caliente".
Mesmo assim, com cenas mais leves até do que as de novelas, os vídeos produzidos para fazer parte do chamado kit anti-homofobia foram criticados por congressistas evangélicos e católicos e rejeitados por Dilma Rousseff.
O conteúdo do material, que seria usado no combate ao preconceito em escolas de ensino médio, não foi aprovado pela presidente.
Mas, na opinião de Laurindo Leal Filho, professor de comunicação da USP e especialista em teledramaturgia, ele deve ser aplaudido por sua "delicadeza".

Leia matéria completa em: Jornal Floripa
Reações:
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário