24 de maio de 2011

Pastor pró-gays é expulso de revista evangélica

Seu nome é Ricardo Gondim. É cearense, teólogo e presidente da Igreja Betesda. Durante 20 anos o pastor Gondim foi colunista da revista evangélica "Ultimato". Foi, do verbo não é mais. Na última semana Ricardo Gondim anunciou, por meio de seu blog, que foi "convidado" pela diretoria da publicação a parar de escrever sua coluna.
O motivo foi a entrevista concedida pelo pastor à outra revista, a "Carta Capital", na qual defendeu os direitos dos homossexuais. Na ocasião Gondim frisou a laicidade do nosso Estado e o absurdo de se excluir juridicamente aqueles que se declaram homoafetivos. No post em que comenta sua saída da "Ultimato", Ricardo Gondim reafirma suas palavras: "Em um estado laico, a lei não pode marginalizar, excluir ou distinguir como devassos, promíscuos ou pecadores, homens e mulheres que se declaram homoafetivos e buscam constituir relacionamentos estáveis. Minhas convicções teológicas ou pessoais não podem intervir no ordenamento das leis".

Leia matéria completa em: MIX BRASIL
Reações:
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário