19 de setembro de 2011

Jogador italiano tira foto de sunga ao lado de mafioso da Sicília e fica com má fama

Miccoli, atacante do Palermo, nutre uma amizade com Mauro Lauricella, o "rei da extorsão"
A região da Sicília, na Itália, sempre foi ligada à máfia. E um dos atacantes do Palermo, principal clube siciliano, foi flagrado ao lado de um mafioso: Fabrizio Miccoli, que já passou por clubes como Juventus, Fiorentina e Benfica, além da própria seleção italiana.
Miccoli, segundo o jornal português Record, está sendo criticado após vir à tona sua amizade com Mauro Lauricella, que é filho do chefe da máfia siciliana, Nino Lauricella, e também é chamado de "rei da extorsão".
Lauricella, no entanto, defendeu o amigo jogador de qualquer participação no mundo do crime: "Miccoli não sabe nada sobre mim, nem quem é o meu pai"
Por: R7
Reações:
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário